Biologia Forense

 

O primeiro registro conhecido sobre procedimentos forenses vem da china, e data de 1248. Trata-se do livro Washing Away of Wrongs, escrito para descrever o processo de investigação de mortes com causas questionáveis, e nele, o autor delimita as responsabilidades dos oficiais que lidarem com as provas, sugere procedimentos para exame médico, dá dicas de como entrevistar suspeitos e familiares e ainda chama a atenção dos investigadores sobre as consequências de se levantar falsas suspeitas; Esse documento aplica os conhecimentos médicos do autor para a solução de crimes. O livro mostra que á possível identificar um afogamento pela agua presente nos pulmões e um estrangulamento através das marcas de pressão na garganta e dos danos na cartilagem do pescoço da vítima (Chasin AAM., 2001).

Biologia Forense: conceitos e aplicações; vestígios e amostras biológicas; o local do crime; Ramos da Biologia Forense: Genética, Entomologia, Botânica, Microbiologia, Bioquímica etc. Exemplos de casos.